Crescimento da arrecadação dos minimercados e armazéns supera as grandes redes e bate recorde

Com grande parte da população evitando aglomerações e procurando locais mais próximos para compra de insumos básicos, o crescimento de 33,1% da arrecadação dos minimercados e armazéns, superou as grandes redes.


Mesmo com a queda histórica de 27% na arrecadação gaúcha, os serviços essenciais à população tiveram alta até maio deste ano. A arrecadação do comércio varejista dos minimercados, armazéns, supermercados e hipermercados, por exemplo, somou quase R$ 75 milhões no mês, mais que o dobro do valor de maio de 2019.


Apesar de registrar o menor montante, cerca de R$ 8 milhões, a arrecadação dos minimercados e armazéns cresceu 33,1% até maio deste ano. Esse foi o maior valor arrecadado desde 2016. Em comparação com maio do ano passado, o crescimento foi de quase 80%.


Já a arrecadação dos supermercados do estado somou R$ 50,4 milhões, crescendo 30,8% no ano. Nos hipermercados o volume foi menor, de R$ 15 milhões, representando uma queda de 12,5% na arrecadação da categoria.


Esse já era um movimento esperado em virtude dos efeitos da pandemia, com as medidas de isolamento, a população passou a procurar locais mais próximos e com menos circulação de pessoas, impulsionando o comércio local e os pequenos negócios.

Caravela Soluções - CNPJ 34.116.150.0001-87

contato@caravela.biz

Florianópolis - SC

(48) 99810 5647

©2019 by Caravela. Proudly created with Wix.com

Política de Privacidade

  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • WhatsApp