Conheça as cidades do RS mais impactadas pela pandemia


Os impactos da pandemia já começam a ser sentidos pela economia gaúcha. Dados da Secretaria da Fazenda mostram que a arrecadação de ICMS no Rio Grande do Sul recuou 12,8% em abril deste ano. Com a queda, R$ 380 milhões deixaram de ser arrecadados pelos cofres públicos.


Cerca de 54,1% dos municípios* gaúchos registraram queda na arrecadação em abril deste ano em relação a 2019. Quando comparado ao mês de março, início das medidas de isolamento, este número é ainda mais expressivo, atingindo 62,2%.


Ainda que de maneira incipiente, os dados de arrecadação podem fornecer evidências dos efeitos da Covid-19 sobre a dinâmica econômica do estado por se tratar de um imposto sobre o consumo.


Os dados mostram que os resultados de março estavam menos relacionados às medidas de distanciamento social, implementada ao longo do mês pelos municípios, fazendo com que no mês de abril o consumo tenha sido mais afetado, seja por meio da suspensão de determinados serviços ou pelo fechamento de estabelecimentos.


No último mês apontamos aqui os diferentes cenários de desemprego para os estados do Sul, de forma que o impacto estimado no mercado de trabalho local causado pela pandemia, tende a variar entre baixo e muito alto.


No Rio Grande do Sul, 62% dos estados apresentaram, em média, impacto estimado de grau médio, e cerca de 17% dos municípios se classificam como impacto alto. Destes municípios, Gramado, Chuí e Canela sofreram os maiores impactos com a queda de arrecadação em abril.


“São municípios com características similares, com a economia voltada principalmente para o turismo, com alta circulação de pessoas e com alto volume de comércio. Chuí, por exemplo, já no primeiro quadrimestre do ano teve queda de 14%”, destaca o economista da Caravela, Henrique Reichert.


Gramado registrou a maior queda no período. Com sua atividade econômica voltada principalmente para o setor de Serviços, que compõe cerca de 67,6% do PIB e elevado potencial de consumo, a queda de 48% da arrecadação no mês impactou fortemente a economia da região.


A arrecadação da cidade, que se aproximou dos R$ 6 milhões em abril de 2019, somou menos da metade no mesmo mês de 2020, cerca de R$ 3,2 milhões. No ano, a queda foi menor, cerca de 1% de recuo no valor arrecadado.


*O impacto da pandemia nas demais cidades do estado podem ser verificadas no link.


Caravela Soluções - CNPJ 34.116.150.0001-87

contato@caravela.biz

Florianópolis - SC

(48) 99810 5647

©2019 by Caravela. Proudly created with Wix.com

Política de Privacidade

  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • WhatsApp