Área construída em Itapema cresce 20% ao ano desde 2010 e tem o melhor desempenho de SC

No mesmo período, também se destacaram Xaxim, Ibicaré, Major Gercino, Zortéa, Balneário Piçarras, Antônio Carlos, Petrolândia, Governador Celso Ramos e Guabiruba. Construção civil catarinense também registrou o maior saldo de empregos dos últimos oito anos, com 6,6 mil vagas criadas em 2019.


De 2010 a 2019, a área construída em Itapema cresceu 20,3% ao ano, puxada pelos grandes empreendimentos e pela valorização imobiliária. Esse resultado foi o melhor de Santa Catarina para o setor da construção civil no período. Xaxim, Ibicaré, Major Gercino, Zortéa, Balneário Piçarras, Antônio Carlos, Petrolândia, Governador Celso Ramos e Guabiruba também se destacaram, conforme ranking elaborado pela Caravela Soluções a partir de dados do CREA/SC (confira o gráfico abaixo). A rápida expansão do mercado imobiliário nesses municípios superou o crescimento das cidades tradicionalmente conhecidas no setor, que ficaram fora do ranking que considera a evolução dos últimos dez anos. Contudo, Florianópolis, Joinville, Balneário Camboriú, Chapecó e Itajaí ainda figuram entre os municípios com maior volume de área construída em 2019.


“Ainda que algumas das cidades sejam pequenas, a evolução da área construída representa oportunidades de crescimento para diversas atividades do comércio e dos serviços, desde a venda de tintas, cimento, objetos cerâmicos e varejo de móveis, por exemplo. Assim, o volume de recursos envolvidos ganha forma e pode ser uma alavanca do crescimento regional”, explica a economista da Caravela Soluções, Edilene Cavalcanti.


Em função do tamanho das grandes cidades, os dados de 2019 mostram que elas ainda dominam o volume total de área construída, sendo a capital catarinense a maior do estado, com registro de 1,8 milhão m². Já Itapema teve o segundo maior volume, com 1,7 milhão de m² e segue em trajetória ascendente. Joinville e Balneário Camboriú aparecem na sequência, com cerca de 1,5 milhão m² cada. O ritmo acelerado da construção civil em Chapecó resultou em 919 mil m² de área construída no município ― uma significativa expansão de 40,1% frente a 2018. Já em Itajaí, foram mais de 850 mil m² construídos.


A retomada do setor está se refletindo no desenvolvimento de novas obras e na ampliação construção no estado. Somente em dezembro de 2019, foram realizadas 2,7 mil obras, o melhor resultado para o mês desde 2015, o que indica que o setor está retomando seu crescimento, com potencial de investir ainda mais.


A região da Grande Florianópolis conta com três cidades de destaque: Major Gercino, Antônio Carlos e Governador Celso Ramos. No caso de Major Gercino, a expansão no período foi de 15,2% ao ano. Já Antônio Carlos superou a área construída per capita do estado, alcançando a marca de 2,87 m² por habitante. A rápida expansão de Governador Celso Ramos resultou na ampliação de 11,6% ao ano na área construída do município, totalizando 100,03 mil m² de novos empreendimentos.


Somando pouco mais de 50 mil habitantes juntas, as cidades de Balneário Piçarras, Petrolândia e Guabiruba também se destacam no Vale do Itajaí por manter taxas de crescimento acima de 10% ao ano no período. Piçarras ainda ganha a posição de 2º maior crescimento da região, atrás apenas de Itapema.


Xaxim e Ibicaré formam o conjunto de municípios da região Oeste que também se favoreceram das melhores condições imobiliárias. Juntos, os municípios somaram cerca de 37,6 mil m² de área construída em 2019. De 2010 para cá, Xaxim foi a cidade que mais se expandiu na região (18,1% ao ano de área construída). Por fim, na Serra Catarinense, o destaque foi para Zortéa, que apresentou o melhor desempenho da região, com crescimento de 13% ao ano. Em 2019, o município teve 3,69 mil m² de área construída.


O crescimento do setor no estado se refletiu na ampliação do emprego. No ano passado, a atividade registrou o maior saldo de empregos dos últimos oito anos. Foram cerca de 6,6 mil postos de trabalho criados — resultado que culminou numa alta de 7,7% frente ao mesmo período de 2018. Esse foi o melhor desempenho da região Sul e o quarto melhor do Brasil.



Desempenho nacional


Dados recentes, divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontam que as expectativas para a atividade estão melhorando desde outubro de 2019. As projeções indicam crescimento no nível de atividade e no lançamento de novos empreendimentos habitacionais. O cenário também é positivo para compras de insumos e de matérias-primas, permitindo a abertura de novas iniciativas e espaço para novas obras.


Além disso, a intenção de investimento alcançou seu maior valor desde setembro de 2014, atingindo o índice de 44,4 pontos. “O empresário da construção está mais confiante, principalmente em virtude da melhora da percepção sobre as condições atuais da economia brasileira”, observa Edilene.


Soma-se a esses fatores a contratação de novos trabalhadores. O setor da construção em âmbito nacional encerrou 2019 com saldo positivo de 71 mil novos postos de trabalho, um crescimento 3,6% no ano. Assim como ocorre na intenção de investimentos, esse também é o melhor resultado desde 2014, quando o setor fechou mais de 100 mil postos de trabalho.


Cidades que se destacaram na construção civil em 2019 no quesito área construída

1° Florianópolis 1.843.721 m²

2° Itapema 1.691.305 m²

3° Joinville 1.534.888 m²

4° Balneário Camboriú 1.534.879 m²

5° Blumenau 922.511 m²

6° Chapecó 919.975 m²

7° Itajaí 854.633 m²


Caravela Soluções - CNPJ 34.116.150.0001-87

contato@caravela.biz

Florianópolis - SC

(48) 99810 5647

©2019 by Caravela. Proudly created with Wix.com

Política de Privacidade

  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • WhatsApp